Divagando


Todos os dias você está comigo, mesmo que distante.

Você está nos meus pensamentos a cada manhã e a cada instante.

Eu te espero mesmo sabendo que vai demorar.

Eu te espero mesmo sabendo que pode não voltar.

Eu te quero, mesmo sabendo que pode não me querer.

Eu te gosto tanto e nem ao menos sei se deveria gostar.

Percebo agora que sempre te esperei e procurei.

Não alguém como você, mas você.

E agora não sei o que fazer já que te encontrei.

E por não saber, talvez o melhor seja esquecer.

* Sandra *

O que há de errado em querer?

Por que querer às vezes é tão complicado? Por que?

Nunca tinha tido tanta certeza, mas dessa vez tenho e eu quero! Talvez por isso esteja perdida…

Será que devia querer? Mas é tão bom querer… e ao mesmo tempo tão confuso.

Me considero uma pessoa centrada, certinha mesmo! Chatinha mesmo, tradicional, cafona… rs

Mas o que se pode fazer, eu sou assim… não vou mudar porque me perderia. Essa é minha essência! Sempre achei que tudo tem a hora certa para ser, para acontecer! Acho isso ainda!

Por isso espero… já esperei tanto e vou continuar esperando porque acredito no bem querer, no querer verdadeiro, no querer sincero…

O destino, a vida há de me mostrar o caminho!

Estou assim, a olhar o infinito
E a sentir o silêncio, a ausência.
Eis como me sinto, nem feliz nem triste.
Estou assim, como…
Uma cachoeira à espera das águas a cair,
Ou quem sabe uma noite à espera das estrelas.
Estou assim… em mim e a esperar.

Sandra