Por que fico te esperando, se você nem sequer se lembra de mim. Não liga, não escreve… porque passo meus dias pensando, lembrando de você. Não há esperanças, não se iluda coração. Já aconteceu uma vez e você sofreu, pare de pensar. Não creia que será diferente, não acredite em ilusões. Vai acontecer de novo, como da outra vez…
Pare agora. Não se permita sofrer de novo. Não cometa os mesmos erros. Pare!
Porque insisto em cultivar esse sentimento? Porque insisto nessa espera? Porque Deus eu gosto dele assim, se nem ao menos ele demonstra ou corresponde a isso tudo. Porque eu não sou capaz de dizer isso a ele. Porque me calo toda vez que estamos juntos pelo simples prazer da sua companhia. Porque sufoco isso tudo. Porque ajo como se fosse normal, como se não tivesse importância, como se não tivesse esperado e contado os dias, meses só para vê-lo.
Porque me comporto assim, como se fosse algo trivial… porque me dedico mais ao trabalho? Porque me envolvo cada vez mais nos problemas familiares? Porque tento fugir do que eu sinto? Se ao final, se a cada anoitecer, me deparo com esse sentimento. Porque, porque tenho escolhido viver assim?
Porque tenho me contentado com visitas rápidas e apressadas… porque eu o quero mesmo assim. Porque sou tão boba a ponto de esperar… a ponto de continuar esperando. De continuar gostando…
Se nem sequer ele sabe que o espero.

Anúncios