“Amores certos, rumos contrários.
O destino, às vezes, cruza a vida de duas pessoas para depois dar a elas rumos opostos.
Encontros e desencontros.
A pessoa certa na hora errada.
E a sensação de perda.
Pois o desencontro é a irrealização do que viria a ser uma possibilidade de afeto”

* Autor desconhecido *

Anúncios