Hoje instalaram a tv à cabo! Oba!!!

Coincidentemente, enquanto procurava um canal que me agradasse percebi que na GNT, no “Happy Hour” o tema discutido era a “Geração dos blogueiros”.

Opa, isso me interessa, pensei! rs Quando comecei a assistir o programa já havia começado e saí de casa antes do final.

Pelo pouco que assisti a discussão girava em torno da “febre” de páginas pessoais na web, algo tão comum nos dias de hoje.  Discutiram os motivos que levam as pessoas a blogarem, a constituição de redes informais de pessoas que trocam idéias mesmo não se conhecendo pessoalmente e que passam a se relacionar por terem interesses comuns.

Foi engraçado, me vi representada ali, mesmo estando engatinhando nesse sentido. Parece que todos os entrevistados possuem motivações semelhantes, querem se expressar, acham prazeroso e se sentem privilegiados quando o blog conquista leitores assíduos. 

Fiquei pensando nas minhas motivações em escrever um blog, a primeira foi a de ocupar meu tempo – principalmente as minhas noites quando chego do trabalho e perco o sono. Uma forma de distração!

Mas não foi só isso, gosto de ler a noite também… enquanto pessoas dormem, assistem tv ou fazem qualquer outra coisa. Nesse horário eu busco o silêncio, para me deliciar nas leituras, assim posso imaginar as coisas sem interrupções, sem barulho e do meu jeito! Mas a leitura é um prazer solitário, claro que me envolvo com a história a ponto de muitas vezes parecer sentir o que as personagens vivem. Mas só eu sinto isso… no máximo o que pode acontecer é encontrar alguém tão louca quanto eu e trocar impressões de uma mesma leitura.

Enfim, pensei melhor e cheguei à conclusão de que o blog seria um momento para me dedicar a coisas que eu gosto, me interesso. Na verdade com a correria falta tempo para isso!  Mais que isso, acho queria fugir do mundo real… queria me emocionar, me surpreender com o mundo que criamos paralelamente ao real, algo que é só nosso e que passamos a compartilhar quando começamos a escrever um blog ou quando lemos os de outras pessoas. É… acho que é isso, nossa eu viajei! hahaha ;-p

Será que essa é a geração dos blogueiros??? Fala-se até de blogueiros profissionais, que ganham a vida nesse tipo de negócio. Enfim,  o importante é tentar fazer o melhor uso dessa ferramenta que pode dar voz a qualquer um que tenha acesso a internet!!! De certa forma, uma democratização! Pena que ainda para poucos… 

 

Sandra

 

Anúncios